Pular para o conteúdo principal

pra não desandar!...


Foi dada a largada. A corrida para garantir um bom ano novo começou. Alguns planejam pular as sete ondas, outros apelam para as simpatias e comidinhas especiais, meninas garantem novas calcinhas e as lojas, que antes abrigavam sessões inteiras de peças brancas, agora encontram-se devastadas, tamanha a loucura pelo novo. Nova roupa, novo cabelo, novo ano. É preciso renovar tudo. Para a expectativa de que tudo pode mudar a partir do momento em que o relógio marcar meia-noite não há limites. 

A melancolia chegada - não se sabe de onde - nesta época, atira sua munição para todos os lados ao passo que a esperança parece lutar para manter-se no topo da gangorra. Tratamos o ano vigente com desdém, reclamamos de sua passividade e cobramos do ano seguinte a linda promessa de que tudo será diferente. Tudo que não funcionou, funcionará. Tudo que foi planejado, se cumprirá. Tudo que não foi feito, será. Será? Saúde, amor, prosperidade, felicidade. 

Ah! A felicidade. Reverenciamos amigos, nos entupimos de espumantes, resoluções, crenças e sentimentos que, sem muito esforço, serão esquecidos por todo o correr do calendário. Ingredientes temos de sobra mas ignoramos o modo de fazer. Lemos e nos inebriamos com Carlos Drummond de Andrade: "Para você ganhar belíssimo Ano Novo cor de arco-íris, ou da cor da sua paz....", mas transgredimos a receita. Confundimos esperança com espera. E esperamos, esperamos, esperamos até que...opa! Outro mês de dezembro de novo anuncia um novo ano e todo o frenesi recomeça. 

A verdade é que falta fé. Mas daquela seguida de força e coragem. Fé para acreditar, sonhar, querer tanto a ponto de tornar reais as nossas idealizações. Com força pra fazer valer os esforços do percurso e coragem pra recomeçar caso o bolo não cresça como gostaríamos. Tome nota pra não desandar: siga a dica do poeta: "tente, experimente, consciente". Vista-se todas as cores, sorrisos e desejos para a virada de ano, mas lembre-se de erguer mais que taças nos dias que chegarão. Ouça seu coração e calibre seus passos. Ousadia à gosto. Porções infinitas. Bom ano, novo de fato! 

yohana sanfer 

Beijos no ... e até 2014!...


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

mais cestas!...

Cestas de tecido em formato quadrado, em tamanhos pequeno, médio e grande. Tecido xadrez combinando com poá. Fechamento nas laterais com botões. Também faz parte da encomenda da Thábata. Outras cores e modelos envie um e-mail para dincantoatelier@hotmail.com, teremos o maior prazer em atender você!...


tamanho grande: 45cm x 45cm


tamanho médio: 30cm x 30cm


tamanho pequeno: 15cm x15cm


encomendas: dincantoatelier@hotmail.comou http://www.facebook.com/dincantoatelier
ou se preferir diretamente em nossa loja virtual: http://www.elo7.com.br/dincantoatelier
Beijos no ♥... adorei esse novo modelo!...

cases para tablet...

Fiz esse case recentemente para o tablet de uma cliente, totalmente personalizado para o aparelho dela, adicionei também um bolso pelo lado de fora para que ela possa guardar o seu fone de ouvido, achei que ficou tão lindo... e vocês amigas artesãs, o que acharam?


me inspirei nessa foto...

encomendas: dincantoatelier@hotmail.comou ttp://www.facebook.com/dincantoatelier
ou se preferir diretamente em nossa loja virtual: http://www.elo7.com.br/dincantoatelier
teremos o maior prazer em atender você!...
Beijos no ♥... ótima tarde de quarta pra você!...

Sapatinhos de Feltro!...

Nosso último post mostra as fotos tiradas do Boneco de Pano, que a titia coruja aqui, fez para presentear o sobrinho Francisco. Dois momentos me chamaram a atenção enquanto eu confeccionava o boneco. Na verdade três. 
1º sapatinhos de feltro 2º cabelos  3º rostinho 
Necessariamente nessa mesma ordem... rs... 
Mas, como post de hoje, eu escolhi falar sobre os sapatinhos de feltro. E, em outro momento eu volto para falar sobre o cabelo e rostinho, que são também muito importantes para que o seu boneco ou boneca de pano ganhem graça e conquistem a simpatia de todos. 
Como eu nunca tinha feito sapatinhos, resolvi pesquisar na internet um passo a passo , onde eu pudesse aprender rapidamente e dar sequência ao meu boneco. No início tentei fazer de tecido mesmo, mas no fim percebi que no feltro ficariam muito mais charmosos. E o mais importante: são muito fáceis de fazer. 
O molde que usei foi esse:


Diminui um pouco o seu tamanho e através do ponto caseado uni as duas partes, como mostra as ima…

+ crazy quilting!...

Meninas, quando fiz minha necessaire para o desafio do clubinho da costura, eu usei a técnica do crazy quilting, mas não segui nenhum padrão, fui costurando os tecidos aleatoriamente... A única regrinha que segui foi começar a costura pelo centro da entretela a partir de um quadrado em tecido... Como recebi muitas perguntas a respeito dessa técnica, fui pesquisar um pouquinho e encontrei esses blocos, que podem dar uma orientação na hora da costura...





fonte: craftconn.com
Encontrei também esse bloco em forma de coração com exemplos de combinações... Vejam meninas, que lindo... Imaginem só uma colcha com esses blocos... 



fonte: tlc.howstuffworks.com

Beijos no ♥ e até a próxima!...